O Projeto Pedagógico

“Portugal, Histórias e Tradições”

 

 

O Projeto Pedagógico “Portugal, História e Tradições” tem como objetivo desenvolver um conjunto de estratégias no sentido de mobilizar os recursos disponíveis, com base num trabalho interdisciplinar. Visa refletir o esforço de todos os envolvidos, desenvolvendo projetos que incorporem diferentes pontos de vista, assim como traçar linhas de acção com o intuito de efetivar o trabalho orientado para o conhecimento e desenvolvimento do gosto e interesse pelas diferentes formas de arte.

 

Este nosso propósito advém da necessidade que, hoje sentimos, de sensibilizar as crianças para o gosto e interesse pela História de Portugal e a criação de noção de identidade e consciência cultural.

 

Este projeto deve atingir os objetivos a que se propõe, em 3 anos letivos.

 

Na nossa Instituição não seguimos nenhum modelo curricular específico, no entanto, a nossa forma de trabalhar vai ao encontro, das teorias propostas por Piaget, Vygotsky que foram autores cruciais para o estabelecimento da visão construtivista do desenvolvimento infantil. A base da teoria construtivista é a que “vê o indivíduo como criador do seu próprio conhecimento, ao processar a informação obtida pela experiência” (Spodek & Saracho, 1998, p. 73).

 

O que se pretende é oferecer experiências às crianças que, lhes permitam construir o conhecimento, através de atividades que incluam a manipulação de materiais concretos e experiências diretas sobre as quais possam refletir mais tarde. Neste sentido, identificamo-nos com os princípios orientadores que são, “a abordagem aos cuidados e à educação em grupo de bebés e crianças pequenas: aprendizagem ativa para crianças; interações adulto-criança calorosas e facilitadoras de desenvolvimento; ambiente físico acolhedor e orientado para a criança; horários e rotinas que se adaptam às crianças; observações diárias que orientam as interacções dos adultos com as crianças, o trabalho de equipa dos educadores, as relações pais-educadores e a planificação do programa” (Hohmann & Post, 2007, p. 10).

 

Os dinamismos culturais e sociais que caracterizam a nossa sociedade exigem, aos futuros cidadãos, o desenvolvimento de competências e atitudes cada vez mais abrangentes e em conjunto com a família. O espaço educativo é primordial para que o consigam adquirir com sucesso. Uma das formas de o conseguir é através do Projeto Pedagógico, no qual estão explícitos, os princípios e valores, as metas e as estratégias 4 segundo as quais pretendemos cumprir com a nossa função educativa, baseadas nas orientações curriculares propostas pelo Ministério da Educação e pela Lei de Bases do Sistema Educativo.

 

A elaboração, redação e implementação de um Projeto pedagógico é um trabalho contínuo, pelo que, ao longo do ano, os objetivos, o planeamento de atividades e as estratégias de implementação serão reequacionados.

 

“A palavra “projeto” está ligada à da previsão de algo que se pretende realizar e tem diversas acepções que correspondem a graus diferentes dessa previsão: referir intenção ou tenção mais ou menos vaga, corresponder a uma visão mais precisa da sua realização o que implica ter um plano de acção mais ou menos bem definido” (Ministério da Educação, 1998, p. 91).

 

Os principais objetivos que orientam a elaboração e implementação do Projeto Pedagógico são: alargar os conhecimentos das crianças e de toda a comunidade educativa, articulando os vários domínios do “Saber” visando sempre o desenvolvimento e aprendizagem das nossas crianças.

A importância do Projeto Pedagógico

 

O Projeto Pedagógico é um instrumento, fundamental, de suporte ao planeamento e desenvolvimento da pedagogia da nossa Instituição e tem como finalidade apresentar e explicar as linhas orientadoras da atividade educativa e também definir mecanismos de avaliação no sentido de melhorarmos a qualidade do serviço que prestamos.

 

Um Projeto é um estudo aprofundado de um determinado tema e tem como principal característica a participação das crianças no seu desenvolvimento. O Projeto Pedagógico pode ser visto como um instrumento de mudança na forma de conceber a aprendizagem. No nosso caso específico, podemos afirmar que apesar do tema central do Projeto ter sido lançado por nós, ele é suficientemente abrangente para que, a partir das crianças, surjam subprojetos que irão enriquecer o tema principal. É nossa intenção que a abordagem ao tema seja feita partindo dos interesses dos grupos de crianças, realizando atividades que se tornem significativas tendo em consideração os desejos e as necessidades e curiosidades dessas mesmas crianças.

 

Na nossa opinião, esta forma de trabalhar, para além de considerar “a criança como um todo”, permite-lhe ampliar o universo e conhecimentos, articulando as aprendizagens que adquirem na Instituição com os que são transmitidos na família.

Para saber mais sobre o Projeto “Portugal, História e Tradições” veja o PDF